Caio, com um dos diversos prêmios que ganhou na Liga de Malta.
Caio, com um dos diversos prêmios que ganhou nas suas primeiras duas temporadas na Liga de Malta.

Quem tem qualidade e corre atrás dos seus sonhos sempre se estabelece. Não importa onde, nem quando. Tudo o que precisa é de uma oportunidade. Esse é um resumo da história do jovem atacante Caio Henrique Rocha (26 anos).

Formado nas categorias de base do Mallorca, da Espanha, e mais tarde no Coritiba, Caio teve a primeira oportunidade de atuar como profissional em uma divisão de elite há dois anos, quando foi contratado pelo Birkirkara para disputar a Liga de Malta, na Europa.

E logo nas suas duas primeiras temporadas com a camisa do Birkirkara, Caio se destacou rapidamente no futebol maltês com diversas grandes atuações e prêmios individuais, entre eles o de melhor jogador estrangeiro do campeonato, eleito pelo voto popular.

Além disso, contribuiu para levar a equipe maltesa a disputar os playoffs da Conference League, que garante vaga na Europa League. Com isso, o salto era inevitável e ele acabou contratado por duas temporadas pelo Valletta, o clube mais vitorioso de Malta.

A imagem feita para a apresentação do Caio no Valletta, o clube mais famoso de Malta.
A imagem feita para a apresentação do Caio no Valletta, o clube mais famoso de Malta.

Para mostrar que tudo o que fez não foi por acaso, logo na estreia pelo novo clube Caio foi o responsável pela vitória de virada do Valletta e acabou eleito mais uma vez o melhor jogador da partida.

O Blog LD Sport News acompanha a carreira do Caio há anos e agora volta a entrar em contato com o jogador para saber mais desse novo momento que está vivendo. Acompanhe!

Precisou de apenas duas temporadas para ficar famoso em Malta. Como resumiria a sua passagem pelo Birkirkara e esses seus primeiros anos como profissional?

Em meu primeiro ano já fui escolhido melhor jogador do mês e no final da temporada o melhor jogar estrangeiro pelo voto do público e também escolhido o melhor 11 da temporada. Minha passagem foi maravilhosa, aquele sonho de criança por finalmente estar estreando profissionalmente e estar podendo mostrar meu futebol. Dei meu melhor como sempre e as coisas fluíram naturalmente. Só tenho a agradecer ao empresário que conseguiu me trazer aqui e ao Birkirkara por confiar e me dar a chance pra jogar com eles. 

O que sentir ao ser contratado pelo clube mais famoso de Malta?

Olha fiquei muito feliz em saber que não só o Valleta mas outros times grande aqui de Malta também mostraram interesse em contar comigo. A sensação é de saber que está no caminho certo e teu trabalho é reconhecido, porém ainda não quero parar aqui, quero continuar me destacando pra alcançar voos maiores 

O que achou da estrutura do novo clube, tem tudo que precisa para lutar por grandes objetivos? 

A estrutura é ótima, dentro de algumas limitações que existem em Malta, porém não tenho do que reclamar. Tenho o que preciso pra alcançar meus objetivos. 

Você sempre demonstrou grande confiança em si mesmo. Acredita em dar o salto a uma liga mais forte da Europa em um futuro próximo?

Sim essa é minha maior motivação, poder dar um pulo pra ligas maiores e poder abrir o mercado pra conquistar meus objetivos e sonhos pessoais.

E como é a tua vida em Malta, já se adaptou perfeitamente, fez amigos? Conte um pouco do seu dia a dia.

A vida aqui é ótima, me lembra muito a Ibiza por ser uma ilha e estar no mar Mediterrâneo com águas similares, muito bonito no verão. Estou totalmente adaptado. Fiz amigos e agora estou casado então vivemos muito bem aqui, não dá pra reclamar.

Caio, impagável durante uma atuação pelo Valletta / Foto: Elena Grech
Caio, impagável durante uma atuação pelo Valletta / Foto: Elena Grech